Indenização do seguro precisa ser declarada no imposto de renda

FONTE: CQCS | Sueli Santos



Em entrevista ao CQCS, Carlos Valle, presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros de Pernambuco destaca que omitir informações para o Corretor de Seguros na contratação da apólice pode acarretar em uma possível perda de indenização em caso de sinistro.

O presidente do Sincor-PE, cita como exemplo a troca de endereço. “Nesse caso específico, pode não haver má fé, mas é preciso ficar atento”, diz ele.

Valle  cita outro exemplo: quem serão os condutores do veículo? Na hora de contratar o seguro, o cliente vai indicar quem é o motorista principal e quais as outras pessoas vão usar o veículo além de como o carro será usado: para ir ao trabalho, à faculdade, entre outros. “A seguradora pode negar o pagamento da indenização caso o condutor envolvido em um acidente, por exemplo, não tenha sido especificado com antecedência como um possível motorista do veículo”, aponta Valle.

Ele diz que é preciso também informar à seguradora qualquer modificação diferente do que foi contrato. “Pode ser que seja preciso fazer um endosso na apólice”, alerta.

66 3531 2152
Av. Gov. Júlio Campos, 1245 | Setor Comercial
Caixa Postal 220 | CEP  78550-202 | Sinop- MT

Horário de atendimento:

Segunda à sexta

08H às 11H30

13H às 17H

© Amazônia Seguros