HDI Seguros: Como valorizar o preço do carro?

Reformas, adicionais e limpeza. Alguns detalhes podem fazer a diferença no valor do automóvel na hora da revenda


Fonte: HDI Seguros


Sair da concessionária com um zero quilômetro cheirando a novo é um dos melhores prazeres para quem ama dirigir. Porém, antes de realizar esse sonho é importante  atentar-se à revenda do veículo anterior para não sair no prejuízo. Pensando nisso, organizamos algumas dicas e orientações para quem quer valorizar o auto antes de assinar qualquer contrato.


Cheiro de 0km


Quem está acostumado a realizar negócios sabe que a manutenção das peças originais é um ótimo diferencial na revenda. Uma boa sugestão é guardar o manual e a chave reserva, já que dentro do manual estão os carimbos das revisões obrigatórias e outras informações para o novo dono. Se ainda for possível fazer reversões em algumas customizações, essa é uma boa hora para trocar aquele farol xênon ou algum adereço que foge do padrão de fábrica.

Investir na preservação e limpeza também é vital. Embora seja um conselho comum, algo que pode afastar compradores é o fato do produto não apresentar sinais de conservação ou mesmo higienização básica. O mesmo vale para odores, já que ninguém gosta de conviver com um cheirinho desconfortável durante um passeio. Quem ama dirigir, sabe que é primordial evitar comer dentro do veículo e que sujeiras como areia e barro devem ser lavadas o mais rápido possível.


Manutenção e investimento


Para alguns especialistas, a comprovação da “saúde” do produto pode ser feita com a apresentação dos comprovantes de manutenção. Apresentar o histórico de visitas do carro ao mecânico é uma forma de aumentar seu poder de barganha na hora de analisar o preço da desvalorização. Isso vale para trocas de pastilhas, pneus, vidros e outras peças.

Alguns adicionais também são ótimas opções para ampliar o preço de mercado do seu auto. Já que o verão tende a ser rigoroso no país, oferecer um ar-condicionado pode aumentar a chance de encontrar compradores, além de adicionar um extra ao preço. Já o estofado é outro item que pode atrair compradores e, dependendo do material, diferenciar o produto frente às opções tradicionais do mercado.


Detalhes simples


Outra boa opção é selecionar bem a cor do automóvel, pois modelos que possuem coloração prata, preto e até mesmo brancos, possuem maior procura no país, justamente por serem padrões. Dependendo do comprador, uma variação muito chamativa (com cores muito fortes, como rosa e amarelo) podem afastar possíveis negócios.

Embora não possa ser considerada uma dica, é imprescindível estar com a documentação em dia na hora de fazer negócio. Além de se transformar em um facilitador da revenda, multas e IPVA pagos são ótimos instrumentos de barganha para o financiamento, além de agilizarem todo processo de transferência do carro.

Antes de investir em um 0 km, aproveite para pesquisar preços e saiba como ampliar o leque de opções na hora de revender. Esteja sempre atento ao valor de mercado do seu veículo e escolha uma hora estratégica dentro do calendário nacional.


Fonte:

https://autopapo.com.br/noticia/valorizar-o-seu-carro-usado/

66 3531 2152
Av. Gov. Júlio Campos, 1245 | Setor Comercial
Caixa Postal 220 | CEP  78550-202 | Sinop- MT

Horário de atendimento:

Segunda à sexta

08H às 11H30

13H às 17H

© Amazônia Seguros